Pop Plus Size 5 anos

Eu escuto falar desse bazar-evento, o Pop Plus Size, há muitos anos. Mas na época eu achava uma afronta eu ir a um lugar comprar roupas de gorda. Eu ainda achava que, na realidade, o que eu precisava era emagrecer. Tomar vergonha na minha cara, fechar a boca e começar a fazer exercícios. Bom, eu fiz. Eu tomei vergonha na cara. Tomei muitas outras coisas mas sou fina e não vou escrever aqui e tomei uma surra linda da vida até aprender que sim, posso ser eu mesma, graças a Deus.

Algum tempo depois, cá estou eu indo na minha terceira edição. Na realidade, já se passaram 18 (infelizmente perdi 14 por minha falta de autoestima e uma por pobreza mesmo..rs) feliz da vida. O mais engraçado é que quando fui na primeira de 2017 (acho que foi em fevereiro ou março) eu passei pela turma de “bloguerinhas plus” e não, ninguém me conhecia. Imediatamente passou pela minha cabeça: poxa, eu queria estar aí, tirar foto, conversar. Passei batido.

E esse ano, quando eu entrei e sai louca cumprimentando geral, de blogueiras a modelos, todas minhas amigas, a felicidade era demais. Sinto como se tivesse, finalmente, encontrado meu lugar no mundo. Reconhecer e ser reconhecida é simplesmente maravilhoso!

Fora a parte do evento em si, que é simplesmente sensacional e só melhora a cada edição. Desta vez foram mais de 60 marcas, com tamanho até o 60 no feminino e 74 no masculino. Tinha tudo aquilo que gorda nunca encontra, como moda praia, lingerie e meia calça, além de marcas carimbadas do universo plus como a Chica Bolacha, RougeMarie, Scarlets, Rainha Nagô, Clamarroca e Flaminga, só para citar algumas.

Impossível sair de lá com, pelo menos, uma “saculinha”. Eu comprei pouco, mas me diverti horrores (e ganhei uma blusa linda do boy que depois faço look com certeza). Aliás, até o boy se acabou nas camisetas lindas da Chico (marca masculina da Chica Bolacha). Além dos estandes, também tinha Dj, apresentação de dança do ventre e do Grupo Me Gusta (só com bailarinas gordas) entre outras atrações.

Parabéns à organizadora, a jornalista e dona da porra toda, Flavia Durante, idealizadora do projeto e empreendedora plus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s