Aprendendo a respeitar o seu momento

Percebi que sai ontem, para algumas compras de natal, sem nenhuma vontade de estar lá. Shopping lotado, fila de estacionamento, tudo aquilo me irritou mais do que o normal. Também notei que não estava feliz indo a eventos sociais. Sim, sei que preciso ir, gosto das pessoas, mas queria estar em casa.

Justifiquei pelo cansaço, fim de ano, muitas mudanças recentes. Mas percebi que, ficando em casa, fico arrumando coisas, não paro. Quero arrumar meu armário, a bagunça da cozinha. Manter a roupa passada e um cheirinho bom de lavanda na cama. Consertar as costuras, colar a sola do sapato, cuidar da Nina, minha cachorrinha. Fazer uma comida gostosa, assistir TV, de preferência com uma camisola confortável e nada de maquiagem. Pensei “estou ficando louca?”. Depois percebi, não, é só a fase.

20171022_122211

Nina Elizabeth

Temos momentos. E num mundo onde precisamos ser ativos e legais, extravagantes e glamurosos o tempo todo, não existe o tempo da introspecção. O tempo de cuidar de si, do seu ninho. O tempo em que precisamos de silêncio, certa dose de solidão. Ficar o dia todo ajeitando as coisas. Ver o trabalho – simples, mas cansativo – da casa ficando pronto. Ser simples. Estar na simplicidade. Estar em você.

E aí me bateu uma ansiedade boba. Eu não preciso – e nem quero – estar no mundo o tempo todo. Podemos sim, sumir de vez em quando. Sumir para dentro da gente mesma. Sumir das obrigações sociais, fugir do mundo.

O que não é saudável é permanecer lá, para sempre. Equilibrar nossas funções é o mais necessário. Mesmo indo para o trabalho, cumprindo as tarefas e “obrigações” respeitar isso o máximo que conseguirmos. E saber que não, não tem nada de errado em cuidar do seu ninho. Faz parte da vida. É o equilíbrio.

O ócio também pode ser criativo e nem sempre ele combina com o momento social. Agora, bem no final do ano, momento de festas, confraternizações e aniversários fica mais complicado. Mas fazer o que? Eu ainda prefiro respeitar o meu momento e cuidar do resto depois.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s