10 dicas para organizar o dia a dia

Segunda-feira é a loucura. É quando tudo volta para nossa cabeça, com a força de um vulcão. Todos os papéis se misturam: dona de casa, profissional, namorada, filha, mãe, condômino. Dá vontade de fazer botox no cabelo, mandar lavar os tapetes da casa e ainda fazer uma salada para o almoço. Pois é. Mas é complicado.

Durante muitos anos eu congelei diante de uma gama muito grande de afazeres. Até o dia em que comecei a vê-los como eles são: só afazeres mesmo. Coisas que precisamos ir realizando aos poucos, devagar, sem estresse. Se não adianta, não adianta. Tudo estará lá no dia seguinte, então é desenvolver um método que nos faça conseguir realizar, sem enlouquecer, e sem ser aquela que só apaga incêndios.

1 – Listas. Listas. Listas. Não tem nada melhor para a mente do que ver tudo escrito. Num primeiro momento, escreva absolutamente tudo o que precisa ser feito durante a sua semana, de comprar aquele presente de casamento à comprar papel higiênico.

2 – Ainda no ítem listas, depois de escrever tudo, separe a lista em urgente e importantes. Urgentes são coisas que tem um prazo específico para serem feitas (como comprar o presente de casamento antes do casamento ou pagar uma conta) e importantes são as que fazemos para realizar nossas metas, como exercícios ou a salada do almoço.

3 – Organize a lista de urgências (de preferência por data limite) e a de importâncias. Nunca se concentre somente nas emergências. A cada 2 tarefas de emergencia, coloque uma importante.

4 – Mantenha a organização e limpeza da casa em dia, caso você seja a responsável.

5 – Delegue. Você não precisa fazer tudo. Pode deixar a faxina para alguém e levar o cachorro ao pet para o banho. Essas são tarefas repetitivas, então se deixar elas podem te tomar para sempre. Se tiver filhos em idade de ajudar ou outras pessoas, delegue as tarefas. No trabalho, a mesma coisa.

6 – Não se cobre. A vida é uma lista interminável (sim, que não tem fim) de tarefas e não, você nunca mais dormir com “tudo pronto”. Pense que, senão sobrar nada para o dia seguinte, acabou a motivação para viver.

7 – Pense em você. Use suas roupas boas, seus perfumes caros e seu copos de cristal no dia a dia mesmo. Não adianta ter um monte de coisas que só acumulam pó e sentimento de culpa. Se perceber que está sobrecarregada disso, pare tudo e faça uma boa limpeza.

8 – Limpe a casa semanalmente. E não estou falando de passar um pano ou lavar os banheiros, estou falando de uma limpeza energética. Abrir as janelas, colocar flores frescas, acender um incenso, uma vela para o seu anjo ou para quem acreditar. Imaginar que estrelinhas multicoloridas entram e limpam tudo na sua casa, levando as energias negativas. Plantinhas como arruda e comigo-ninguém-pode também ajudam.

9 – Descanse. Precisamos de uma boa noite de sono e de uma boa alimentação para que possamos render no dia a dia. Olhe a lista de tarefas e coloque no dia só o que você sabe que poderá dar conta sem enlouquecer ou morrer de dores nos pés, por exemplo.

10 – Se dê o tempo necessários. Algumas tarefas não podem ser realizadas, enquanto outras não terminarem. Não adianta passar no mercado se a cozinha está uma bagunça porque a chance de você comprar coisas desnecessárias ou esquecer as necessárias é enorme. Foque no que está precisando ser feito e sempre termine uma tarefa antes de ir para a próxima.

Espero que as dicas nos ajudem a passar por esse fim de ano sem enlouquecer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s