15 sinais de co-dependência amorosa

Algumas pessoas que eu atendo – principalmente as mulheres –  me perguntam como elas sabem se são ou não co-dependentes. Elaborei então uma lista de aspectos básicos de uma co-dependente afetiva (assim como eu já fui e conto aqui) . Saibam que isso não resume e não diagnostica nada. Se desconfiar que tem esse problema, procure ajuda!

  1. Detesta ficar sozinha. Estar solteira é um suplício e  vive procurando por um novo amor ou relacionamento.
  2. Não espera para se apaixonar. Um traço marcante de co-dependencia é a paixão platônica. A pessoa não conhece o outro, mas fantasia e “ama de todo o coração”, mesmo sem saber o que é isso.
  3. Não consegue viver sem o outro. O outro vira o centro do seu universo e, quando não estão juntos, passa o tempo pensando no que vão fazer quando estiverem.
  4. Excessos de toda sorte: mensagens demais, ligações demais, muita vontade de ver. Veja bem, isso até é mais comum num primeiro mês de namoro, mas se passar disso tem algum problema.
  5. Não suporta o silêncio do outro. Se não receber uma mensagem já enche a cabeça de fantasias de separação.
  6. Acha que o outro é a única chance de felicidade. Não entende que existem muitas pessoas no mundo. Entende, mas não acha que ninguém mais a faria feliz.
  7. É muito reativa. A co-dependente não entende jogos amorosos ou manipulações e sempre reaje. Se o outro não liga, ela liga falando “um monte”. Tudo é motivo para uma DR.
  8. Excesso de explicações. Quando sente que o outro se afasta – o que acontece com frequencia – ela começa a querer convencer o outro a ficar com ela. Coloca-se imediatamente no papel de vitima explicando o quanto já sofreu e que não pode sofrer mais por ele. É a fase dos textões.
  9. Coloca o motivo da sua felicidade – ou não – na mão do outro. Esquece do trabalho, dos estudos e dos amigos. Passa a viver a vida do outro e falar “nós” o tempo todo. A própria história fica secundária.
  10. Tem crises infundadas de ciúmes. Faz escândalo. Quem vai ao trabalho da pessoa fazer um show na porta geralmente é um co-dependente amoroso. Como tem a autoestima destruida, não tem medo de passar vergonha.
  11. Morre de medo da separação. Acredita que é melhor – muitas vezes – morrer a perder o amor do outro.
  12. Sujeita-se demais aos caprichos do outro. É geralmente feita de capacho, atura os maiores absurdos em nome do amor.
  13. Baixa autoestima e autoconfiança.
  14. Não escuta mais as pessoas. Quando alguém diz que aquele amor não é benéfico para ela, tende a rechaçar a pessoa e a cortar relações com ela.
  15. Sofre demais e o tempo todo. Dor e sofrimento são parte integrante do seu dia quando o outro não responde como ela deseja.

 

Se identificou isso em você ou em alguém, procure ajuda.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s