Somos todos grupo de risco

Lembro-me de quando apareceu a Aids, nos anos 80. Eu era criança, não entendia direito o que estava acontecendo,mas me lembro de sentir medo. Milhões de reportagens sobre o tema, pessoas famosas pegando e morrendo muito rápido, era assustador. Lá pelas tantas alguém falou “É doença de homossexual” e eu respirei aliviada. Eu era criançaContinuar lendo “Somos todos grupo de risco”

Como lidar com o transtorno do pânico na quarentena

Bom, este tem sido um assunto recorrente no meu Instagram e também com algumas seguidoras e cliente que já apresentavam um quadro, mesmo antes da pandemia. Nos dois casos, como lidar com isso é meio parecido, e precisa ter foco e paciência consigo mesma. Eu venci o transtorno do pânico há mais ou menos 7Continuar lendo “Como lidar com o transtorno do pânico na quarentena”

Te espero no fim disso tudo…

Das coisas que tem acontecido ultimamente, a mais dolorida no momento, para mim, é ficar longe do namorado. Ele continua trabalhando e tem mais riscos de se infectar. Quando eu estava no Guarujá, ele não podia me ver porque não podia entrar na cidade (todos os acessos às praias da Baixada Santista estão interditados porContinuar lendo “Te espero no fim disso tudo…”

Qual é a vida que você quer?

Um dia, não sei exatamente quando, eu me peguei pensando na minha vida perfeita. Eu pensei “Não quero pensar na vida que acham que é perfeita, mas na que seria perfeita para mim”. Sentei, e fiz alguns desenhos – apesar de não ser muito boa nisso – do que eu consideraria ser uma vida perfeitaContinuar lendo “Qual é a vida que você quer?”