Freud estava certo?

Achei isso a internet. Em algum Stories, já que está todo riscado. Minha formação é freudiana, mas eu juro que essa parte eu não me ative. Pensava: Freud estava doido, por que senão para que serve a terapia? Anos e anos depois eu digo que talvez, no meu caso, ela serviu para eu não ficarContinuar lendo “Freud estava certo?”

Dia de soltar

Essa foi uma semana legal. Uma semana de soltar. Uma semana de estourar. Uma semana de sepultar. Peguei uma daquelas gripes que só tenho umas duas vezes por ano, quando não tomo a vacina. Apesar de ter tomado no ano passado, enfim…e cama. Desde terça-feira a noite estou volitando no meu apartamento ligada só noContinuar lendo “Dia de soltar”

Conte a sua história

Sim, eu assisti o filme. Na verdade, para quem assistiu só essa frase já bastaria. Para quem assistir e, como eu, é junguiano. E ama arte. Meu Deus, fizeram o filme para mim? Nise era uma mulher pequena e magra. Uma das primeiras médicas formadas no Brasil, quando só homens frequentavam a faculdade de medicina.Continuar lendo “Conte a sua história”

Liberte sua mulher da torre de marfim

Eu não sei como é ser mulher. Sei como é ser eu, serve? E tem um lado meu que é mulher. É o maior lado, sim. Mas era engolido por outros papéis. O meu lado mulher foi engolido por uma menina carente, certa feita. Ela se apaixonou por um homem e ficou fora de cena.Continuar lendo “Liberte sua mulher da torre de marfim”