Ordem e progresso

Acredito em coaching. Acredito em organização e listas. Mas o meu acreditar é quase teórico. Sei que funcionaria, se talvez eu fosse outra pessoa, tivesse outra personalidade. Mas na falta de algo melhor, é isso que eu uso. A contragosto. E deixando muitas lacunas, sempre.

Tenho uma agenda linda, um day planner. Um monte de páginas, canetas coloridas, adesivos de todas as formas. Sei tudo o que andou acontecendo comigo nos últimos tempos. Mas ontem, assim que levantei da cama, não fui olhar a agenda e sim fui à feira. E emendei com uma passada no hortifruti, já que….então fui à loja de embalagens, já que…e depois passei a tarde cozinhando e atendendo pacientes.

Eu queria comida mais fresca e caseira e eu sou boa nisso. Depois de assistir muitos episódios de Masterchef, você acha que cozinhar é rápido e fácil. Mas não é. Você passa horas em pé. Faz bagunça e sujeira. A minha cozinha é pequena, a lixeira fica no subsolo, a logística é ridícula. Você precisa trazer tudo para cima, esvaziar o freezer, jogar tudo fora. Não é que não goste de cozinhar, nem de congelar,mas não tenho espaço para isso.

Então por que diabos eu não pensei nisso antes? Por que não pensei que isso não ia dar certo e é bem melhor comprar umas marmitas fit prontas, com comidinha gostosa e congelada? Por que eu sempre insisto em fazer coisas que não cabem na minha vida?

Confusão mental? Autossabotagem? Falta de autoconhecimento? Uma mania doida que querer fazer coisas que não tem como? Acho que a última alternativa. Não vou mais fazer isso, é impossível. Não é para mim e nem para o espaço que eu tenho em casa. E nem para o tempo que eu tenho. Eu trabalho,cuido da casa, da gata, dos meus escritos. Preciso arrumar a questão do consultório,  ir ao banco, pagar umas contas atrasadas. Preciso angariar mais pacientes e ao invés disso perco um dia inteiro (dois, na realidade,porque hoje tem louça até no teto) para fazer uma coisa que vai durar poucos dias. Não, chega, não vou mais fazer isso.

Maturidade é isso. Sabermos o que nos cabe e o que não nos cabe. Conseguir abrir mão. Conseguir entender o que é mesmo prioridade. Quero comer saudável, ando comendo muita porcaria,mas existe milhões de alternativas melhores do que essa. Fazer as coisas no impulso só estraga tudo.

Impulso, esse mal. Preciso trabalhar isso nas próximas semanas. Menos impulsos. Mais pensamentos. Afinal de contas a minha mente precisa trabalhar melhor pra mim mesma,não é? Ela não serve só para pensar em bobagens e não me deixar dormir de noite.

Sim, nada de cozinhar em casa, vou comprar marmitas fitness prontas. E vou chamar a faxineira duas vezes por mês, e não mais só uma. Prioridades baby, prioridades.

ORAÇÃO DA SERENIDADE

Concedei-me, Senhor a serenidade necessária
Para aceitar as coisa que não posso modificar.
Coragem para modificar aquelas que posso e
Sabedoria para conhecer a diferença entre elas.

Vivendo um dia de cada vez
Desfrutando um momento de cada vez
Aceitando que as dificuldades constituem o caminho à paz
Aceitando, como Ele aceitou
Este mundo tal como é, e não como eu queria que fosse
Confiando que Ele Acertará tudo
Contanto que eu me entregue à Sua vontade
Para que eu seja razoavelmente feliz nesta vida
E supremamente Feliz com Ele eternamente na próxima.

— Reinhold Niebuhr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s